Livia e os Mendigos

Padrão

Teve uma época em que não sei o pq, estava sendo MUITO xavecada… por mendigos, sério, ninguém me xavecava, apenas os mendigos, direto voltando da faculdade ouvia um mendigo falando xavecos e me olhando.

Um dia, estava quase na rua de casa, quando ao atravessar a rua um mendigo para o que estava fazendo com seus amigos mendigos e diz:

– UAU Nunca tinha visto uma loira de verdade de olhos claros.

Sim, eu fiz uma puta cara de WTF, mas continuei meu caminho séria.

– Deixa eu te pagar uma coca. – sim, ele queria me pagar uma coca-cola

– E que tal dividirmos uma? – ai eu dei uma risadinha pq primeiro ia pagar agora quer que eu pague metade? wtf.

Eu continuava meu caminho e ele acompanhando, sério, não consigo ser grossa, mas estava quase em casa, e se ele visse!?
– Ahhhhhh mas um sorvetinho você vai querer ne?

Ai num deu, eu ri, e disse obrigada tenho que ir. Depois fiquei um século pensando WTF HAHAAHA WTF HAHA WTF HAHAHAHA WTF HAHA sério.

Passaram-se uns dias, e eis que a campainha toca, olhei pela janela e adivinha?
Era ele e seus amigos, disse para minha mãe que eu não iria la de jeito nenhum.. Ela foi, falou rápido, pegou algo de casa, foi para fora de novo.

Eis que ouço:

– Mas só vai abrir no ano novo ein?!
Pois é, ela deu Champanhe, e queria que eles abrissem no Ano Novo!

Depois fiquei um tempo sem muito contato com os mendigos.

Então esse ano após sair de um mercadinho, um mendigo fala:
-Adorei a sua blusa.

Disse obrigada, e continuei meu caminho sem pensar muito sobre isso.

Comecei a sempre encontrar esse mesmo mendigo, então um dia indo alugar filme ele me aborda.

– Oi, você teria um trocadinho para me dar?

-Me desculpa, mas não tenho nada, apenas cartão – pura mentira, mas não curto dar grana não- você sempre fica ao lado do mercadinho ne? Terei que passar la, se quiser compro algo para você lá, mas antes preciso passar na locadora, me espere la, tudo bem para o senhor? – sim, sou educada com todo mundo.

– Tudo bem sim.
Continuamos conversando, e eu sempre falando senhor, até que ele me pergunta meu nome.

-Livia, e do senhor?

Houve um silêncio.

– Qual nome você prefere? – sim fiz cara novamente de wtf.

– Ah… qual o senhor preferir – disse sem saber o que tava rolando.

– Então meu nome é Priscila, esse é meu nome de Guerra.

Sim, fiquei mais cara de wtf ainda, primeiro pq não esperava isso, segundo que pqp tava chamando de senhor o tempo todo, deveria ter chamado de senhorita, mas como iria saber?!

Pois é, fiquei rindo mentalmente dessa cena estranha durante um século.

Anúncios

»

  1. Nossa… que massa ser xavecada por um mendigo, experiência única hein… rs….

    Eu também uso da frase “só to com cartão amigo[…]”, o dia que eles andarem com um PinPad (vulgo “Maquininha do Cartão de Crédito) na mão, vou ser forçado a dar voadora neles, até la deve colar… rs…

    Ri da parte que ele fala que o nome de guerra dele é “Priscila”, auhauhauha…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s