Cuidado, eu tenho carta

Padrão

Pois é, como eu disse, eu tenho carta de motorista.

Lembro que quando comecei a fazer o cursinho teórico eu prestava maior atenção, lutava fortemente contra o sono que me consumia fodamente, mas prestava a atenção, queria ser uma boa motorista e mostrar que isso de mulher ser ruim na direção era balela.

Passei de boa, foi tranquilo, acho que tive mais medo de não passar no psicotécnico, vai que falassem que sou louca e não poderia tirar carta, e ainda fiquei na dúvida que estava apta, já que a psicóloga fez uma cara de “você é meio louca tenho dúvidas sobre isso mas deixarei você dirigir”.

Na primeira aula prática conheci meu instrutor claro, que era um japonês sério e engraçado (ele era meio estranho), e fui muito bem, ele até sorriu e disse “Acho que com você não terei problemas ne”.

Depois fui piorando, parecia que a cada aula eu piorava, e ele ficava sem paciência comigo.

Quando começamos a treinar a baliza até que ia bem, mas se algo me deixava nervosa eu não conseguia fazer ela de jeito nenhum.

Um dia não lembro o que aconteceu ao certo, mas sei que foram várias coisas seguidas e acabei ficando nervosa. Fomos treinar baliza já que a prova seria na próxima terça, estava tão nervosa que não conseguia fazer nada, ele ficando sem paciência, eu ficando estressada… até que não aguentei, e chorei… sim, chorei. POIS É PASMEM SOU TODA MENININHA!

No dia da prova resolvi ser a última, estava tranquila, fui para o carro uns minutos antes, quando liguei o carro para ir para a frente, a guria do carro de trás bateu na traseira, pois é, não tive culpa. Meu instrutor muito animador disse: “Pelo visto terá azar e não passará.”

Batata! Reprovei na baliza.

Depois de um tempo fui fazer a prova, peguei o mesmo examinador (sei la esqueci o nome) que havia me reprovado, ou seja, fiquei num cagaço gigante, fiz a baliza, depois o percurso, quando faltava apenas a rampa para subir eu dou uma morrida mas já ligo direto e subo. Sim, passei! Até chorei de felicidade!

Mas admito, não sou boa motorista, também não tenho como praticar, não tenho carro para isso.

Final de ano pratiquei na cidade dos meus pais, fiz cada merda…

Andei na contramão, subi rampa e quase morri já que tinha uma carroça na frente, sim… estava subindo a rampa, tudo tranquilo por enquanto, eis que surge uma carroça e começo a suar frio, pois uma fila de carros estava me seguindo. Também quase causei uma batida tensa, mas poxa, estava andando calma e tranquila, um cachorro quase é atropelado na via ao lado e vem correndo para a minha na frente do carro, meu reflexo foi mais rápido em salvar a vida do cachorro, pisei no freio com tudo, sorte que quem estava atrás percebeu, assim não bateu. UFA

Só queria dizer que, nunca peguem carona comigo dirigindo, beleza?

Tenham amor a vida!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s