Arçúrcar do meu coração

Padrão

Ninguém nasce sabendo de tudo, isso é um fato.

Conforme vamos crescendo vamos aprendendo, também é fato que muitos acabam estagnando.

Eu sinceramente acho tão gostoso quando aprendo algo, entendo mesmo, sério, me sinto muito bem, mais leve, aliás engraçado isso, mas me sinto mais leve, talvez seja uma parcela da ignorância indo embora.

Mas eu estava aqui lembrando de algumas coisas que eu falava que até hoje alguns adultos lembram “Lembra Livia quando você falava tal coisa, era tão engraçadinha e bonitinha!” sério, eu era muito fofinha quando pequena, além de ser lindinha.

Eu tinha uma enorme mania de colocar r em tudo, falava muito VRIDRO sim, era vidro.

Outra coisa que minhas irmãs sempre me zuavam era sobre o ARÇÚRCAR, elas sempre chegavam e perguntavam na frente de todo mundo:

-Livia, qual o nome daquele pozinho branco na cozinha?
– Qual? O sal?
– Não o outro lá, é doce…
– AHHHH O ARÇÚRCAR???

Ai todos riam da minha cara, e eu ficava com aquela carinha de bobinha, eu morria de vergonha de falar arçúrcar, mas não conseguia falar normalmente.

Outra coisa que eu errava na verdade eu confundia o significado de ambas as palavras, ou seja, as trocava… eu achava que CÍRCULO era onde tinha o palhaço, elefante e tudo mais, já o CIRCO era aquela coisa redonda.

A professora do prézinho sempre me corrigia, mas eu sempre errava isso, até que cresci e aprendi.

Aliás nossa tem um círculo muito massa se apresentando aqui na cidade!!! hihi

Eu lembro até hoje da professora ensinando a gente como se falava a,e,i,o,u e ão.
Estava na sequência, cada vez que chegava mais próximo de mim eu ficava com muito medo, sabia que o meu ão estava saindo estranho…chegou a minha vez.

– Livia, pode falar conforme eu aponto ok?
– Sim, professora! (imagine uma voz de criancinha que sua leitura fica mais fofa)
– a…e…i…o…u……….(pausa enorme, todos se viram para mim) AUOM

Um coro de risos de criancinhas se instalou na sala, eu fiquei com mais vergonha ainda, tentei novamente.
– AUSON
Mais risos, e dessa vez até a professora riu, não aguentei, sai correndo chorando.

Desde criança dramática… mas poxa sacanagem a professora rir, eu tinha o que uns 4/5 anos… maior triste.

Essas são as mais marcantes da minha vida infantil.

Mas um dia, foi uma confusão mental, sei e sabia a diferença de significado de cada palavra…

Chovia fortemente, meu chefe ligou e pediu uma ligação, fiz a ligação retornei, depois conversei com ele, e comentei:
– Nossa tá chovendo tão forte né? Tenho quase certeza de que está chovendo GRANITO!
– Verdade, está forte mesmo.

Desligamos, após um minuto no máximo ele ligou de novo para mim.
-Livia, certeza que tá chovendo granito? Não seria granizo?
– Nossa! Verdade!
E ambos caíram na risada, eu claro fiquei MORRENDO de vergonha dele depois.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s