Chuck Norris e o Reino de Mogatopéia

Padrão

Era uma vez um reino chamado Mogatopéia, um reino cheio de paz, amor e muitas riquezas, isso tudo existia graças ao seu rei, o rei Chuck Norris. Era um rei forte, dotado de grande inteligência e poderes mágicos, além de ser muito respeitado por toda a população. Verificando a estabilidade do reino, Chuck Norris decidiu voltar no tempo para eliminar os seres mais perigosos, e com isso fazer com que o Reino evoluísse sempre com bondade. Sua primeira viagem foi para o tempo dos dinossauros…

Muito tempo se passou, ninguém tinha notícias do rei, com isso as pessoas ruins foram se revelando, guerras pipocaram em todos os cantos, talvez pelas mudanças que o rei estava fazendo no passado, algumas pessoas estavam se modificando, algumas pessoas agora eram mágicos, e esses eram os mais caçados pelas gangues.

Eu vivia nesse reino, tinha poderes mágicos, como apenas meus amigos sabiam, eu era muito feliz, já que eles também tinham esses poderes. Saíamos sempre, causávamos tumulto, como ninguém do grupo possuía pais (todos morreram na guerra), invadíamos restaurantes, supermercados para roubar comida.

Uma vez resolvemos roubar comida de um supermercado, pegamos várias coisas, todos os clientes estavam assustados com o nosso grupo, o roubo já estava terminando, quando do nada, pegaram a gente e nos colocaram em um veículo.

Demoramos para chegar, era uma casa, ainda não estava finalizada, mas era enorme, e haviam outros veículos como o que estávamos com várias pessoas dentro.
Um homem de terno e usando uma bengala se dirigiu para a frente da casa, onde todos poderiam vê-lo.

– Sei que o modo em que resgatamos vocês foi um tanto quanto bruto, mas era necessário. Essa casa será a fortaleza de vocês….A fortaleza dos mágicos, ela fica afastada do reino, afastada das guerras… faço parte do reino, e verificamos que cada vez mais as gangues seqüestram pessoas com poderes mágicos para utilizar como escravos, e não queremos isso. Infelizmente não conseguimos terminar a casa e tivemos que pegá-los antes que as gangues os pegassem. E conto com a ajuda de vocês para terminar, quem quiser ir embora pode ir, mas aqui terá toda a comida e proteção que precisarem.

Poucos foram embora após o discurso, o que realmente chamou a atenção de meu grupo foi a parte da comida, e o melhor, estaríamos juntos. Então começamos a construção.

Uma de minhas amigas era lindíssima, e percebi que morador da casa estava interessado nela, achava até que ele estava obsessivo, ele me dava medo, não sabia qual era o poder dele, mas ele era alto, musculoso, e seu olhar era de louco. Estava construindo um quarto e minha amiga estava no cômodo ao lado, escutei passos…e passos pesados , era o maluco, estava com medo dele, então fiquei paralisada, ele passou, pelo visto não notou que eu estava perto…

– Você ainda vai ser minha, vai ser a mãe de meus filhos! – o brutamontes estava segurando os braços de minha amiga

– NUNCA! – Ela o empurrou, não sei como, eu pensava, mas ela conseguiu- EU TENHO NOJO DE VOCÊ! EU NUNCA TEREI UM FILHO SEU! NUNCA!

– Já que é assim, já que você não fará isso com vontade, eu terei que te obrigar, mas não hoje….você ainda carregará um filho meu, com a minha cara, na sua barriga.

Então ele saiu com um sorriso no rosto, esperei um pouco para que ele não me visse saindo do cômodo ao lado, e fui ajudar a minha amiga que estava chorando, mas não podíamos ficar paradas, a construção tinha que continuar, fui pegar água para ela e comentar o caso para o chefão.

Estou prestes a falar quando toda a casa escuta um grito, era a minha amiga, todos correram para ver o que havia acontecido, e a imagem mais horripilante da minha vida estava lá.

Minha amiga estava na única porta que dava para a rua, envolta por um selo mágico e sangue, muito sangue. Em sua barriga havia um rosto, como se uma pessoa estivesse em sua barriga querendo sair, era um rosto de um bebê , me arrepiei, não imaginava que ele faria isso e o pior que ele agisse na frente de todos como se estivesse espantado.

O chefão nos avisou que seria impossível sair da casa, pois a porta estava selada, quem chegasse perto morria, eu estava desesperada, contei para meus amigos, decidimos fugir da casa, apesar de ser uma “fortaleza”, todas as janelas eram lacradas. Tentamos várias, até que vi a janela de vidro, o chefe viu, disse que entedia a gente querer fugir, mas que aquele vidro era muito forte. Tentei, tentei, quebrou, mas magicamente outro vidro surgiu, pensei o que poderia fazer, então usei meu poder, deu certo… Eu e mais três amigos saímos, olhei para a casa e vi o brutamontes me olhando, pelo seu olhar eu soube, ele sabia que eu sabia.

Um amigo quis se separar, e depois descobrimos que ele foi pego por um grupo de canibais liderado por uma bruxa do reino, onde várias pessoas ficavam penduradas por grandes anzóis vendo os canibais comendo uma pessoa.

Nós chegamos na ponte e vimos o brutamontes atrás da gente.

– Vocês podem correr, mas não vão escapar.

Pulamos para o rio, onde tinham vários matos, meu amigo que sabia fazer metal, começou a fazer armas para lutarmos contra ele. Soubemos que ele estava revivendo mortos, na verdade só mulheres, mulheres que ele matou, dentre elas estava nossa amiga, elas eram suas escravas e iriam lutar contra a gente.

Minha amiga que estava comigo e meu amigo também era linda, colocamos anis nela e a fizemos cantar, revivemos alguns mortos fortes, dentre eles o rei Chuck Norris, a luta ia começar.

Anúncios

Uma resposta »

  1. que sonho! QUE SONHO! As vezes eu tenho uns sonhos/pesadelos assim, com enredo de prender o intestino e cheio de efeitos especiais uahuahu. Da vontade de ficar la pra sempre ou que pelo menos a saga dele continue na noite seguinte, como ja aconteceu algumas vezes. :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s